COVID-19

Mais do que nunca eles precisam de nós!

Março, 2020

Velhos Amigos é um projeto que, desde 2008, pretende mitigar o Isolamento Social dos Idosos. Atuamos em Coimbra, Pombal, Leiria e Marinha Grande. Criamos redes de voluntariado, equipas fixas, que acompanham idosos em situação de isolamento social, solidão e carência económica. Todos os sábados visitamos os nossos idosos, percebemos como estão, ajudamos no que podemos, procuramos respostas nos nossos parceiros para as necessidades encontradas, levamos refeições quentes, mimamos, sorrimos juntos e partilhamos muitos abraços.

O aparecimento e evolução epidemiológica do Coronavírus (COVID-19) no território nacional e o risco acrescido que este representa para a população idosa, exigiu que repensássemos rapidamente os nossos sábados de forma a reduzir a propagação do vírus, nomeadamente junto de quem lhe é mais vulnerável.

Avaliamos caso a caso, tentando dar a resposta mais consciente e humana possível, que só é possível concretizar com a ajuda dos voluntários. Num momento difícil, dominado pelo medo e a incerteza, o sentido de missão ganha outro significado e torna-se sinónimo de coragem.

Continuamos a poder contar com o apoio dos restaurantes solidários, uns em regime de take-away e outros que, mesmo fechados para o público, continuam a fazer refeições para os idosos. Vários voluntários colocaram também “mãos à obra” e estão eles mesmos a fazer as refeições ou a comprá-las para oferecer. Estamos todos atentos às normas e cuidados de higiene, de forma a garantir o máximo de segurança para os beneficiários.

Quanto às nossas visitas, por força das circunstâncias são agora mais breves. Ligamos antes a perguntar se precisam de alguma coisa do exterior, entregamos as refeições à porta e prometemos ligar durante a semana. Reforçamos os telefonemas, não é a mesma coisa, dizem eles, mas explicamos que temos todos de nos proteger uns aos outros. Muitos dizem-nos que já estão habituados a viver sozinhos, a não receber visitas. A situação de isolamento agrava-se agora com sentimentos de medo, de ansiedade e de frustração. Muitos não percebem o que se está a passar, não entendem como se propaga o vírus. Alertamos para os cuidados necessários, para os sintomas a que devem estar atentos, tentamos acalmar, informar, mostramos que estamos com eles, à distância de uma chamada.

O desafio é enorme, mas tem mais sentido que nunca.

Na luta contra uma pandemia que nos isola, os Velhos Amigos precisam de todos nós. Porque se estivermos juntos, ninguém estará só.